Observo · Tudo

Se não souberes para onde ir, pelo menos dá o primeiro passo

Frase8

A minha filha quer ter uma mana e um bebé. A mana tem nome e tudo. O bebé apenas se chama bebé, é para ficar na minha barriga. Na imaginação dela, a mana não passa pelo processo de crescimento, já vem “pronta” e “crescida” como ela. Por isso quer ter uma mana e um bebé.

Isto fez-me pensar.

Tenho muita dificuldade em dar um passo quando ainda não tenho todo o trajeto planeado até chegar ao resultado final. Fico presa em demasiados “se”, “depois”, “antes”, “durante”. Faço mil projeções com variáveis diferentes. E chego à conclusão que se calhar também eu estou a imaginar as coisas no estado “pronto”, não chegando à parte do processo de crescimento, do caminho para chegar lá, porque não saí do mesmo lugar.

E se eu der um passo?

Há tantas formas imprevisíveis de chegar até lá. E se eu escolher pelo menos um passo? Um de cada vez, tentando descobrir o caminho pelo meu pé, em vez de criar encruzilhadas no caminho da imaginação?

 

Talvez eu descubra que esse não é o caminho, ou que afinal esse sempre foi o caminho.

 

Foi assim que mudei totalmente a minha alimentação. Não comecei de forma radical. Dei um passo, depois outro. Subi escadas e muitas vezes desci degraus. Mas tenho cada vez mais claro qual é o caminho e já cheguei a um dos patamares que antes achava inatingível.

É hora de dar outros passos e continuar a descoberta.

Anúncios

One thought on “Se não souberes para onde ir, pelo menos dá o primeiro passo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s